facebook twiter Youtube

Blindada pela mídia, gestão Temer sai em defesa das privatizações


Blindada pela mídia, gestão Temer segue firme em sua defesa pelas privatizações de setores estratégicos do Brasil. Após aplicar o que chama de “Plano A” – cortes de investimentos em setores como Saúde, Educação, Agricultura Familiar, entre outros -, o interino da Fazenda, Henrique Meirelles sai em defesa do seu “Plano B” que prevê um pacote de privatizações da ordem de R$ 120 bilhões.

“Está tudo na mesa para a gente discutir”, afirmou um integrante da equipe econômica em declaração à imprensa.

De acordo com Meirelles, o chamado “Plano B” se divide, basicamente, em quatro frentes: energia, setor financeiro, aeroportos e securitizações. No setor elétrico, está em avaliação a venda da Eletrobrás. O negócio poderá movimentar até R$ 20 bilhões.

As três das maiores hidrelétricas que eram da Cemig – Jaguara, São Simão e Miranda -, também estão na mira de Temer. A expectativa é que as três usinas redam R$ 10 bilhões.

Na área de petróleo e gás, Meirelles sinalizou para a sua aposta em leilões na área. A ideia é licitar, até o fim do primeiro semestre de 2017, quatro áreas no pré-sal vizinhas aos campos de Carcará, Gato do Mato, Tartaruga Mestiça e Sapinhoá, na Bacia de Santos.

Outras 20 áreas podem entrar nesse leilão. O governo estima que pode arrecadar R$ 20 bilhões com o setor.

Já para o setor aéreo, a gestão interina estima arrecadar pode variar entre R$ 5 bilhões e R$ 10 bilhões.

É bom lembrar que para justificar o desmonte do Estado e seus programas – “Ponte para o Futuro” e “Travessia Social” – de privatizações, Michel Temer se vale do discurso do déficit e diminuição da dívida pública. Ao mesmo tempo que insiste no discurso da ineficiência do Estado na gestão dessas empresas.

Veja o que Temer quer vender até 2017:

-Setor de energia: até R$ 50 bilhões

– Venda de participações acionárias da Eletrobrás em 154 SPEs

– Venda das distribuidoras de energia no Norte e Nordeste.

– Venda de hidrelétricas que eram da Cemig: Jaguara, São Simão e Miranda

– Pré-sal: licitação dos campos unitizáveis Carcará, Gato do Mato, Tartaruga Mestiça e Sapinhoá

– Pós-sal: 14ª rodada de óleo e gás

-Setor financeiro

– Banco do Brasil pode vender administradora de cartões e administradora de recursos de terceiros

– Caixa estuda joint venture em loterias; procura parceiro para administração de cartões; estuda abertura de capital da Caixa Seguridade; e poderá ter sócio para operar loteria na internet

– BNDESPar, braço de investimentos do BNDES, vai vender participações

– Abertura de capital do Instituto de Resseguros do Brasil

– Securitização: R$ 60 bilhões

– Venda de créditos que a Receita Federal tem a receber

– Aeroportos: R$ 5 bilhões a R$ 10 bilhões

– Concessão de aeroportos: Salvador, Fortaleza, Florianópolis e Porto Alegre

– Venda de aeroportos regionais

-Como isso pode ajudar o caixa do governo

– Receita com a venda de bens

– Imposto de Renda sobre lucro das estatais com os negócios

– Aumento do lucro das estatais e pagamento de dividendos

– Economia com menor necessidade de capitalização das estatais

Fonte: Portal CTB

Waldir Maranhão marca para quinta-feira eleição do novo presidente da Câmara

10% das ações de políticos para excluir informações da web envolvem censura prévia

Deixe seu comentátio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *