facebook twiter Youtube

Juros do cartão batem novo recorde e se aproximam de 500% ao ano


Novo recorde da série histórica do Banco Central (BC), que teve início em março de 2011, aponta que em setembro deste ano os juros médios cobrados pelos bancos nas operações com cartão de crédito rotativo atingiram o patamar de 480,3% ao ano.
Reportagem publicada pelo jornal norte-americano “The New York Times”, no fim de 2014, informou que os juros praticados em algumas linhas de crédito no Brasil “fariam um agiota americano sentir vergonha”, citando os cartões de crédito.
O relatório do BC ainda indicou que o mesmo aconteceu com os juros bancários cobrados no cheque especial, que subiram 3,8% em setembro deste ano, para 324,9% ao ano. Em agosto a taxa do cheque especial estava em 321,1% ao ano.Já a taxa cobrada nas operações com cheque especial avançou 37,9 pontos percentuais em 2016, pois somavam 287% ao ano no fim de 2015.

Taxas de juros no Brasil

Estudo da consultoria Economática, divulgado em março de 2016, informa que a mediana da Rentabilidade sobre o Patrimônio (ROE) de todos os bancos brasileiros de capital aberto no ano de 2015 foi de 10,78%, contra 7,92% dos bancos dos Estados Unidos.

Quando se considera apenas os bancos com ativos acima de US$ 100 bilhões (Itau-Unibanco, Bradesco, Banco do Brasil e Santander), a mediana da rentabilidade sobre o patrimônio dos bancos brasileiros foi maior ainda: de 20,06% em 2015.

Portal CTB – Com informações do G1

Gasto do brasileiro com cigarro quase equivale ao do arroz com feijão

PIB recuou 0,99% no 3º trimestre, estima FGV

Deixe seu comentátio

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *